Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Emprego e Relações do...
  6. /
  7. Serviços gratuitos são oferecidos...

Serviços gratuitos são oferecidos aos trabalhadores no Sine Móvel em Ituporanga

O ônibus do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Santa Catarina estará neste domingo, 28, no Parque da Cebola, no Bairro Cerro Negro, em Ituporanga. A unidade móvel permanece no local das 9h45min às 15h45min. 

A atividade é parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Ituporanga e a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) e integra a Operação Cidadania organizada pela SDR de Ituporanga. Durante a Operação, serão realizados vários serviços nas áreas da saúde, educação, agricultura e assistência social. As ações ocorrem durante a Festa do Agricultor e do Motorista, organizada pela prefeitura.

Na unidade móvel, funcionará uma miniestrutura do Sine/SC. O primeiro passo será cadastrar os trabalhadores no sistema Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A partir disso será possível ter acesso às vagas de emprego disponíveis.

Além de vagas de trabalho, será possível fazer o encaminhamento para o seguro-desemprego, a confecção da carteira de trabalho e ter orientações sobre outros programas como Juro Zero, Economia Solidária e cursos de qualificação profissional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

O Secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), João José Cândido da Silva, destaca que as unidades do Sine deixaram de ser apenas locais onde as pessoas vão procurar vagas de emprego e requerer o seguro-desemprego. “Os postos estão engajados em orientar os trabalhadores sobre os cursos de qualificação profissional e outros programas como o Juro Zero, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável (SDS) com o objetivo de ampliar a capacidade profissional e a renda dos cidadãos”, ressalta.

Em Santa Catarina, o Sine está vinculado à SST e oferece serviços aos trabalhadores em 118 unidades. São 22 postos de execução direta do governo do Estado e outros 96 postos conveniados com as prefeituras.

Cursos de qualificação

Os trabalhadores que visitarem o Sine Móvel receberão informações sobre os cursos gratuitos de qualificação profissional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). 

Para 2013, estão previstas 63 mil vagas para todo o Estado. Vinte e oito mil trabalhadores catarinenses frequentam as aulas.Os cursos são oferecidos por instituições como os Institutos Federais (IFSC), Institutos Federais Catarinenses (IFC) e no Sistema S, formado pelo Senai, Senac e Senat, e atendem a pessoas na faixa etária entre 16 e 59 anos e que estejam cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal.

Seguro-desemprego – Para solicitar o seguro-desemprego, além dos documentos habituais como comprovante de residência e comprovante de escolaridade, é preciso apresentar o termo de rescisão, carteira de trabalho, CPF, carteira de identidade, comprovante de depósito ou do extrato do FGTS, e as duas guias de requerimento do seguro-desemprego.

Quem não tiver a carteira de trabalho poderá levar a documentação para obter o documento. Para isso, será preciso levar o CPF, a identidade e duas fotos 3×4.

Juro Zero

Os 118 postos de atendimento do Sine são rede de apoio às operações do programa Juro Zero da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável (SDS) e prestam informações sobre o que é necessário para se tornar um microempreendedor individual (MEI). Com o programa, o MEI formalizado com receita até R$ 60 mil anual pode pegar empréstimo de até R$ 3 mil sem juros, além de receber qualificação profissional gratuita sobre empreendedorismo.

As informações prestadas pelo Sine são principalmente para os trabalhadores que buscam uma colocação no mercado após a conclusão dos cursos Pronatec Social e outros trabalhadores interessados na formação de empreendimentos e criação do próprio negócio.

Geração de renda e economia solidária

A SST prevê convênio com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho (MTE) para executar no Estado projeto de fomento ao empreendedorismo e economia solidária. O objetivo é elevar a renda, melhorar a qualificação profissional com a promoção de feiras, rodadas de negócios e incentivo ao microcrédito.

{article Cláudia Marcelo de Lima – Assistência Social}{text}{/article}

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support