Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Agricultura Pesca e Desenvolvimento...
  6. /
  7. Santa Catarina lança Observatório...

Santa Catarina lança Observatório Agro para acompanhar as tendências do setor rural

O setor rural de Santa Catarina acaba de ganhar uma ferramenta para acompanhar de perto o desempenho e as tendências do agronegócio e do desenvolvimento rural. O Observatório Agro Catarinense nasce como um ambiente inovador, onde produtores, iniciativa privada e poder público terão uma visão ampla da agropecuária e das transformações do espaço rural. O principal canal de acesso aos seus conteúdos é o site www.observatorioagro.sc.gov.br, lançado pela Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural e pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) nesta sexta-feira, 9.

O Observatório é uma ferramenta que transforma a maneira que o Governo do Estado produz e entrega informações voltadas ao agronegócio catarinense. “Os produtores rurais, iniciativa privada e o próprio setor público poderão acompanhar de perto o desempenho do agronegócio, as tendências, a aplicação de recursos e o impacto das políticas públicas voltadas ao fortalecimento do setor produtivo. Nós vamos transformar um grande volume de dados em informação qualificada para embasar a tomada de decisões e gerar valor para o setor. Essa é uma plataforma da agricultura catarinense, que pode ser utilizada por todos e que demonstra toda a dinâmica do agro de Santa Catarina. É uma verdadeira revolução na forma como enxergamos o agronegócio e temos certeza de que irá gerar valor, renda e riqueza lá no campo”, explica o secretário da Agricultura, Ricardo Miotto.

Com a missão de colaborar para a competitividade e sustentabilidade do agro catarinense, o Observatório reunirá em um só local informações e análises sobre comércio exterior, desempenho do agro, desenvolvimento rural, infraestrutura de apoio à produção, mercado agropecuário, políticas públicas e produção agropecuária. No site, a população poderá acessar painéis interativos, mapas, gráficos e conteúdos específicos sobre cada área.

Segundo o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), José Zeferino Pedrozo, o Observatório vem atender a uma grande demanda do setor produtivo. “Esse é um grande marco para o agronegócio catarinense. Os produtores rurais serão grandes consumidores das informações produzidas no Observatório e terão ferramentas para tomar decisões mais acertadas”, afirma.

Inteligência voltada para o agronegócio e o desenvolvimento rural

O Observatório Agro Catarinense está alicerçado em quatro elementos fundamentais: espaço físico estruturado, adoção de tecnologias de ponta, disponibilidade de recursos humanos multidisciplinares de alta qualificação e incorporação da cultura de tomada de decisões orientada por dados. Para tanto, utiliza uma estrutura de big data voltada ao setor rural de Santa Catarina. E este será mais um diferencial do estado na geração de inovações e para o aprimoramento de políticas públicas de desenvolvimento rural.

“Ele reúne, em um só lugar, informações de vários bancos de dados de órgãos estaduais e federais, não só disponibiliza, mas analisa, critica essas informações e difunde as informações integradas, que vão subsidiar as tomadas de decisões estratégicas tanto de agentes públicos como privados, porque ele oferece inteligência de negócio a partir de informação e a partir de indicadores”, explica a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter.

Gestão e etapas de implantação

A gestão e responsabilidade técnica do Observatório é do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa), unidade de pesquisa da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). A empresa é um dos órgãos vinculados à Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural (SAR) de Santa Catarina.

O arranjo interinstitucional para a implementação do Observatório envolve as empresas públicas vinculadas à SAR, bem como organizações governamentais com as quais se estabeleceram acordos de colaboração para o acesso a dados.

O site é o resultado da primeira fase de implantação do Observatório. Novas funcionalidades serão implementadas em duas etapas subsequentes de desenvolvimento. A perspectiva é que o Observatório Agro Catarinense esteja em funcionamento, em toda sua potencialidade, até o final de 2024.

Áreas Temáticas

Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Comércio Exterior – são apresentadas as informações relativas às exportações, importações e à balança comercial do agronegócio de Santa Catarina, além de um comparativo com o desempenho nacional.

Desempenho do Agro – painéis contendo informações do Produto Interno Bruto (PIB), Valor Adicionado Bruto (VAB) da agropecuária e demais setores da economia, Valor da Produção Agropecuária (VPA) e área e produtividade das principais culturas.

Desenvolvimento Rural – os painéis, com dados e informações apresentados em gráficos, tabelas e mapas estão organizados em três subáreas temáticas: Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM); demografia; e estrutura socioprodutiva da agricultura.

Infraestrutura de apoio à produção – são quatro eixos de abordagem: rede de armazenagem de grãos, recursos hídricos, capacidade de armazenagem da água da chuva e serviços de inspeção.

Mercado Agropecuário – engloba informações do Sistema de Levantamento de Preços Agropecuários de Santa Catarina. Atualmente, são acompanhados os preços recebidos pelos produtores pela sua produção; os preços no mercado atacadista; preços de insumos e serviços utilizados nas principais cadeias produtivas; e preços de terras agrícolas.

Políticas Públicas – conjunto de tabelas, gráficos e mapas que permitem acompanhar e monitorar as principais políticas públicas federais e estaduais destinadas à agricultura e ao desenvolvimento rural.

Produção agropecuária – principais estatísticas e indicadores para as atividades de maior importância da agropecuária catarinense. São informações sobre área plantada, volume de produção e produtividade média por área, quantidade de animais abatidos, número de produtores, rebanho, produção e industrialização de leite, entre outras.

Informações adicionais:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/(48) 99998-0907
Site: www.agricultura.sc.gov.br
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/
www.instagram.com/agriculturaepescasc

Marcionize Bavaresco
Assessoria de Imprensa
Observatório Agro Catarinense
jornalismo.observatorio@epagri.sc.gov.br

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support