Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Saneamento e Recursos Hídricos
  6. /
  7. Resíduos sólidos, construção de...

Resíduos sólidos, construção de cisternas e regularização fundiária são temas da reunião do CDR de São Miguel do Oeste

Os membros do Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR) de São Miguel do Oeste participaram nesta quarta-feira, 26, na Câmara de Vereadores de Descanso, de mais um encontro para debater assuntos regionais. Em pauta, os resíduos sólidos, construção de cisternas e regularização fundiária.

Para o secretário Regional e presidente do CDR, Volmir Giumbelli, o encontro foi produtivo, pois agregou conhecimento aos conselheiros. “Vamos procurar trazer a cada reunião, um assunto de interesse regional para discutirmos problemáticas e também as soluções que podem ser tomadas pelos gestores dos municípios e lideranças locais”, determina.

O representante da Cooperativa de Profissionais em Serviços Públicos e Privados de Santa Catarina (Coopesc), Melimar Marquesi, participou da reunião para falar de dois importantes assuntos: regularização fundiária de terrenos urbanos e a construção de cisternas. Os gestores puderam esclarecer dúvidas sobre os temas, principalmente sobre a regularização de terrenos. “O processo é fácil e a Cooperativa está aí para auxiliar no encaminhamento”, afirmou Marquesi.

Cisternas
Sobre as cisternas, o representante da Coopesc lembrou que somente Bandeirante, Barra Bonita e Descanso estão com a lista e demais encaminhamentos agilizados. Belmonte, São Miguel do Oeste, Guaraciaba e Paraíso precisam dar sequência ao processo para iniciarem as construções. Na Regional, são 402 famílias beneficiadas com uma cisterna cada.

Em Bandeirante, serão beneficiadas 51 famílias; em Barra Bonita, 50; Belmonte terá 52; Descanso, 55; Guaraciaba, 80; Paraíso, 54 e São Miguel do Oeste, 60. Cada cisterna custará R$ 2.465,23 ao Governo do Estado e poderá armazenar até 16 mil litros de água o que é suficiente para as necessidades de uma família de cinco pessoas (para beber e preparar alimentos) durante quatro meses sem chuvas.

Resíduos sólidos
Um dos temas sugeridos na reunião anterior, em Guaraciaba, foi o tratamento de resíduos sólidos. Para explanar sobre o assunto, esteve presente o professor da Universidade Estadual de Maringá (PR), Osvaldo Joaquin dos Santos. Ele apresentou soluções para o tema, como a implantação de uma usina de tratamento regional, abrangendo os sete municípios. “Existem muitos problemas, hoje, enfrentados pelos municípios com os resíduos sólidos, mas também existem tecnologias que podem ser usadas a favor e até mesmo gerando renda para os trabalhadores de uma usina”, garante o professor.

O próximo passo será a formação de uma comissão técnica que irá estudar a implantação da usina na região. “É preciso levantar a quantidade de lixo produzida em cada município, bem como onde poderia ser instalada e toda a parte técnica e legal do projeto”, explicou o secretário Regional, Volmir Giumbelli.

Para a próxima reunião, um dos assuntos em discussão são os consórcios municipais, que não foi possível tratar nesse encontro devido o tempo. O CDR se reúne novamente no dia 18 de julho em Paraíso.

Informações adicionais:
Gisele Vizzotto
Secretaria de Estado de Des Reg São Miguel do Oeste
E-mail:imprensa@sge.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2927 (49) 3631-2927 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support