Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Administração Prisional
  6. /
  7. Presídio Regional de Tijucas...

Presídio Regional de Tijucas promove formatura para 35 apenados

A solenidade de formatura realizada na manhã desta terça-feira, 13, no Presídio Regional de Tijucas, foi como um rito de passagem para 35 internos. Com a presença de familiares, o grupo de apenados recebeu certificado de conclusão de curso. Além dos formandos no ensino médio e fundamental, pela primeira vez, três internos receberam o diploma de curso superior. A cerimônia também contou a presença da Associação Musical União Tijuquense (Asmut), entidade que trabalha a música como ferramenta de ressocialização. Além dos internos formandos, o evento também recebeu os familiares, autoridades e convidados.

A oferta de vagas de trabalho e a possibilidade de retomar os estudos são pilares da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), pois são fundamentais para a reabilitação social e econômica dos internos do sistema prisional catarinense. Prova disso é que há aproximadamente 8 mil presos trabalhando em atividade laboral qualificada e outros 11,5 mil estudando sendo 3,5 mil na educação formal e outros 8 mil no Programa Despertar Pela Leitura.

Visivelmente emocionado, o orador da turma, interno que concluiu o curso de Marketing ministrado na modalidade EAD pela Facvest, destacou que a vitória era particular, mas a luta por dias melhores é de todos. “O que alcançamos hoje é uma pequena amostra de onde podemos chegar, pois talento somado ao amor significa prosperidade. Se antes era só escuridão, hoje vemos uma luz no horizonte. Superem suas dificuldades”, enfatizou o orador, que teve a identidade preservada.

Natural de Tijucas e ex-diretor da unidade, o secretário de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Edemir Alexandre Camargo Neto, disse que a educação é um ponto de transformação, mas que ela ocorra é preciso que haja a integração de todas as instituições. “Hoje o que vemos aqui é resultado da união da Defensoria Pública, do Ministério Público, do Poder Judiciário, da Associação Comercial de Tijucas, da OAB, dos professores e de todos os policiais penais e técnicos que participaram desta jornada”. O titular da SAP enfatizou que é preciso cada vez mais criar oportunidade para os internos voltem melhores para o convívio social. “A decisão é pessoal, mas temos que promover e estimular cada vez mais ações que promovam a reflexão e a mudança.”

Edemir Alexandre Camargo Neto lembrou que o modelo que atividade laboral e de ensino já foi apresentado em Portugal, Inglaterra e Estados Unidos e, com frequência, equipes formadas por servidores de outros estados vêm a Santa Catarina conhecer a estrutura e os projetos em andamento no sistema prisional catarinense. “Agradeço também a toda a equipe de policiais penais, técnicos, professores e familiares, todos fundamentais na reabilitação social. O futuro depende de cada um de vocês”, concluiu o secretário, dirigindo-se aos formandos.

O juiz corregedor da Comarca de Tijucas José Adilson Bittencourt disse que era a primeira vez que ia numa solenidade formatura em um presídio. “Um dia muito interessante porque a educação é primordial na vida de qualquer cidadão.” O magistrado destacou o papel dos professores na sociedade. “Sem vocês não chegaríamos a lugar algum”.

Prefeito de Tijucas e professor por formação, Eloi Mariano Rocha parabenizou a unidade prisional pelo respeito às pessoas. “A vida é a soma das nossas decisões e, se em algum momento, não fizermos a escolha certa é preciso mergulhar no conhecimento. Antes de tomar uma atitude lembrem-se sempre que tem muita gente torcendo por vocês”, disse.

O policial penal Carlos Raulino Junior, diretor do Presídio de Tijucas, enfatizou que muitos caminhos levam ao crime mas só o trabalho e a educação podem fazer o interno voltar a trilhar o caminho do bem. “Agradeço a equipe do Presídio de Tijucas pelo envolvimento não só nesta solenidade, mas no enfrentamento às chuvas que não mediram esforços e se mobilizaram para ajudar toda a comunidade”, disse Carlos Raulino Junior.

Representando a equipe docente, o professor Luciano de Castro Barasuol disse ao longo da caminhada surgem muitos obstáculos, o que torna a jornada cansativa. “Mas vocês foram persistentes e chegaram até aqui. Lutem pelo caminho do bem, plantem um futuro próspero. Vivam e façam a diferença na vida daquelas pessoas que encontrarem pelo caminho”, aconselhou.

No final do evento também foi inaugurada a Sala da OAB do Presídio de Tijucas para dar conforto aos advogados e celeridade no atendimento aos internos.

Também participaram do evento, promotora Isabela Ramos, coordenadora do Polo Ead – Tijucas, da Unifacvest, Jussara Marti, Diretor do Ceja, Paulo Sergio Batista ; Presidente da OAB/Tijucas; Priscilla Pimentel Feller; Representante da Presidência da OAB/SC, Marcos Catani; Presidente do Conselho da Comunidade, Caio Daniel; secretária de Educação de Tijucas, Deise Juliano da Silva e o superintende do DPP da Grande Florianópolis, Euclides da Silva.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support