Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Meio Ambiente
  6. /
  7. Massa de ar frio...

Massa de ar frio mantém condição de neve e temperaturas negativas em Santa Catarina

Uma frente fria mantém mais nuvens e chuva isolada com pequenas chances de deslizamentos da Grande Florianópolis ao Litoral Norte e no Planalto Norte, nesta terça-feira, 23. Ainda há condições de alagamento no Litoral Norte e Grande Florianópolis associada aos horários de maré mais alta. No Planalto Norte, as temperaturas baixas mantém a chance de neve e chuva congelada. Nas demais áreas de Santa Catarina, uma intensa massa de ar frio com características polares diminui a chance de chuva, mantém mais nuvens pela manhã e declínio acentuado nas temperaturas, com números muito baixos e negativos nas áreas altas do Estado. 

>>> Confira imagens de frio na nossa galeria de fotos

A temperatura mínima deve chegar aos -8ºC no Planalto Sul, e a máxima será de 12ºC na Grande Florianópolis e Litoral Norte. Tendência de vento sudoeste e sul, moderados com rajadas fortes no decorrer do dia, aumentando a sensação de frio.  A elevada umidade mantém a condição de neve e chuva congelada nas áreas altas do Planalto Sul, Oeste, Meio Oeste e Planalto Norte até o início da madrugada de terça-feira. No Planalto Sul, há previsão de acumulo significativo de neve.

Na tabela abaixo, confira a menor temperatura registrada do dia 23/07/2013 até o final da manhã desta terça-feira.

Região / Cidades (°C)
GrandeFlorianópolis  
SãoJosé 4,6
Florianópolis 4,9
AntônioCarlos 3,8
SãoBonifácio 1,6
RanchoQueimado -0,7
AlfredoWagner 1,7
LitoralNorteeMédioVale  
LuizAlves 4,4
Itajaí 3,3
Massaranduba 4,9
Indaial 1,7
JaraguádoSul 4,5
Itapoá *
Joinville *
AltoValedoItajaí  
Lontras 0,2
JoséBoiteux 1,6
RiodoCampo 0,3
PresidenteGetúlio 1,0
Ituporanga *
LitoralSul  
Urussanga 3,9
Siderópolis 5,3
Laguna 7,7
JacintoMachado *
Criciúma 5,7
TimbédoSul 1,8
Araranguá 6,1
Meio Oeste e Vale do Rio do Peixe  
Joaçaba -0,4
CamposNovos -1,6
Caçador -0,9
Água Doce -4,2
CampoBelodoSul -1,8
Curitibanos -1,1
Oeste  
Chapecó 0,1
NovoHorizonte -1,7
Xanxerê *
PlanaltoNorte  
CampoAlegre 1,0
Irineópolis 0,0
Mafra *
Corupá 5,1
Canoinhas -0,2
Itaiópolis -0,1
PortoUnião 1,0
MajorVieira -0,6
Papanduva -0,9
PlanaltoSul  
SãoJoaquim -3,8
Urupema -3,6
BomJardim daSerra -1,9
Painel -3,1
MorrodaIgreja -7,7

Desde a madrugada desta segunda-feira, 22, já ocorreram em diversos municípios de Santa Catarina neve e chuva congelada. 

Neve: precipitação de cristais de gelo formados diretamente pelo congelamento do vapor d’água que se encontra suspenso na atmosfera. A neve pode cair como partículas mais pesadas, as chamadas pelotas de neve ou como grãos de neve, com diâmetro inferior a um milímetro, e que formam flocos de neve que caem em pequena quantidade.

Chuva congelada: a precipitação cai na forma de gelo, mas não é confundida com granizo porque ocorre sempre em áreas de transição entre a chuva e a neve. Costuma-se dizer que é o estágio inicial da neve antes de chegar na sua forma tradicional em flocos.

Em SC, houve ocorrência de neve, na segunda-feira, em cidades como Água Doce, Bom Jardim da Serra, Caçador, Campos Novos, Catanduvas, Chapecó, Coronel Freitas, Erval Velho, Herval do Oeste, Itapiranga, Iporã do Oeste, Jaborá, Joaçaba, Lages, Lebon Régis, Painel, Pinhalzinho, Pinheiro Preto, São Miguel d’Oeste, São Joaquim, Tangará, Timbó Grande, Urupema, Xanxerê e Xaxim.

Também houve ocorrência de chuva congelada na segunda-feira em Água Doce, Campos Novos, Canoinhas, Capinzal, Catanduvas, Chapecó, Faxinal dos Guedes, Joaçaba, Macieira, Lacerdópolis, Lebon Régis, Pinheiro Preto, Salto Veloso, São Domingos, São Joaquim, Urupema, Videira e Xanxerê.

Outros alertas:

Geada: forte e ampla no Estado, no amanhecer de terça-feira, 23, especialmente no Oeste, e nas demais regiões entre a noite de terça, 23, e o amanhecer de sexta-feira, 26, com risco para agricultura e pecuária. Não se descarta a possibilidade de geada negra especialmente nas áreas altas do Oeste, Meio Oeste, Planalto Sul e Planalto Norte, principalmente na terça-feira, 23.

Chuvas: entre esta segunda-feira, dia 22, e o início de terça-feira, 23, persiste a condição de chuva mais significativa no Norte de SC. No Planalto Norte e Litoral Norte, região que já choveu bastante nas últimas 48h, há previsão de chuva mais intensa. No Vale do Itajaí, a previsão é de acumulado de chuva entre 20 mm e 40 mm.

Temperatura extrema: no período noturno desta segunda-feira, 22, até a quinta-feira, 25, há previsão de temperatura mínima próxima de 0°C e negativa em boa parte do Estado. Mas é no amanhecer de quarta-feira, 24, que se espera temperaturas entre -10°C a -8°C, especialmente em Urupema, Urubici, Painel, Bom Jardim da Serra e São Joaquim, dentre outras com altitude próxima a 1000 m. No Litoral, as mínimas podem variar entre 0°C a 4°C.

Risco de congelamento na pista: em alguns trechos da Serra do Rio do Rastro, Corvo Branco, Dona Francisca, e trechos em cidades altas, no fim desta segunda, 22, e madrugada de terça-feira, 23.

Vento e mar agitado: no decorrer desta segunda, 22, e na terça-feira, 23, há previsão de ventos moderados a fortes de Sudoeste a Sul e mar muito agitado no Litoral Catarinense, com picos de onda de 2,5 a 3 metros, devido a um Ciclone Extratropical entre a costa do Uruguai e sul do Rio Grande do Sul e o avanço da intensa massa de ar polar (sistema de alta pressão) pelo Sul do Brasil. O vento deve ser constante no período com rajadas de 60 a 80km/h, com risco para navegação e atividades de pesca. 

Observação: possibilidade de alagamentos isolados em Florianópolis, associado à maré. Condição meteorológica e oceanográfica favorece novos alagamentos no Sul da Ilha de Santa Catarina, na rodovia Diomício Freitas, que dá acesso ao aeroporto Hercílio Luz e CentroSul. Ventos do quadrante sul provocam o empilhamento da água junto a costa, o que associado à maré, pode resultar em novos alagamentos nesses locais nesta segunda-feira (14:51h) e na terça-feira (2:43h e 15:15h).

Caso se confirmem as previsões, a Defesa Civil recomenda:

Deslizamentos de terra: deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros.

Alagamentos: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Geada forte e ampla: agricultores deverão tomar medidas preventivas. A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca divulgou orientações sobre a onda de frio e geada. Veja aqui.

Onda de frio intenso: atenção com população mais vulnerável, como moradores de rua, famílias carentes, idosos e crianças. Orientações para a população e prefeituras em como se proteger e agir em relação à onda de frio podem ser obtidas na Secretaria de Estado da Saúde e na Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação.

Gelo e neve na pista: o Batalhão da Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina divulgou nota orientativa em relação à Operação Neve na pista 2013.

Mar agitado: perigo a navegação e a atividade de pesca.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 4009-9816.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support