Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Transportes
  6. /
  7. Governo do Estado espera...

Governo do Estado espera arrecadar R$ 1,5 milhão em leilão

No dia 16 de julho, o Governo de Santa Catarina espera arrecadar R$ 1,5 milhão com a realização do maior leilão da história do Estado. Serão 284 lotes de bens móveis inservíveis, que serão leiloados a partir das 8h, no auditório da Epagri, em Chapecó. O edital do leilão e as fotos dos bens estão à disposição no site da Secretaria de Estado da Administração (www.sea.sc.gov.br). 

O evento deve superar o último leilão do Estado, realizado em abril e que arrecadou R$ 1 milhão com a venda de 221 lotes. Serão vendidos 311 veículos, sucatas e diversos mobiliários, como balcão, cadeira, televisão e até máquina de escrever. Entre os veículos, estão carros e motocicletas que foram utilizados pelos órgãos da Segurança Pública e que sofreram desgaste para a finalidade. “São carros e motos que já tiveram serventia para os órgãos, mas que podem ser transformados pelos cidadãos”, comenta Adilson Luis Schmitt, gerente de Bens Móveis da Secretaria da Administração e coordenador do leilão. 

O leilão será realizado em Chapecó por que a grande maioria dos veículos está depositada em pátios e almoxarifados nos municípios do Oeste. “São carros e motos que estão em Dionísio Cerqueira, Caçador, Joaçaba, Lages, Palma Sola e, claro, muitos em Chapecó”, explica o coordenador. Alguns produtos estão depositados no almoxarifado da Secretaria de Estado da Saúde, na Palhoça. Todos os bens estarão abertos à visitação dos dias 8 a 12 e no dia 15 de julho, das 14h às 17h, conforme os locais descritos no edital.

Em média, em leilões anteriores, foram disponibilizados cerca de 150 lotes com arrecadação de R$ 600 mil. “Dessa vez, houve uma quantidade maior de produtos oferecidos e também esperamos conseguir recolher o maior volume para os cofres públicos”, analisa o diretor de Gestão Patrimonial, Pedro Abel.

Os participantes devem realizar um pré-cadastro para o leilão, através do portodosleiloes@terra.com.br. As pessoas físicas devem informar RG, CPF, endereço completo e telefone fixo e/ou celular. Para empresas (pessoa jurídica), há a necessidade do CNPJ, endereço da sede da empresa e telefones. “Os dados informados no cadastro serão conferidos no dia e servirão para preenchimento de notas e recibos. Quanto mais pessoas se cadastrarem, maior a rapidez no dia do leilão”, informa o pregoeiro Paulo Roberto Porto. Quem quiser se inscrever no dia deve levar os mesmos documentos citados.

Como funciona

Até o bem ser arrematado, há diversos procedimentos para analisar se ele realmente não serve mais para o Estado. O primeiro passo é o setor de patrimônio de cada órgão informar a comissão de bens a inutilidade. Após a avaliação e se o veículo atender aos requisitos exigidos, como ter perdido mais de 40% do seu valor, através da tabela FIPE, os documentos são repassados para a comissão de leilão, da Secretaria de Estado da Administração.

A comissão tem a obrigação de analisar o chassi, motor e número, avaliar e fotografar cada lote, além de já estipular um valor mínimo para ir a leilão. Caso todo o trâmite seja aprovado, então é publicado o edital com todos os bens relacionados. “Esses são bens inservíveis para o Estado, ou seja, que não tem mais valor de uso. Os veículos, por exemplo, dão mais gasto com manutenção, do que se comprar um novo, em longo prazo”, explica o gerente de Bens Móveis, Adilson Schmitt.

Obrigações

A licitação será na modalidade maior lance. Quem oferecer o maior valor é declarado o vencedor do referido bem. O arrematador deve realizar o pagamento em dinheiro ou com cheque próprio, já que é proibido realizar o cadastro em nome de uma pessoa e o cheque ser de outra. Todos os lances terão o valor acrescido em 5%, para pagamento de comissão do leiloeiro.

Todos os veículos só poderão ser retirados após a comprovação do pagamento e há um limite de sete dias após o comprovante para a remoção do bem. Caso haja desistência na compra, o arrematador é obrigado a pagar uma multa correspondente a 20% do valor de arremate.

Serviço:

O quê: Leilão de bens móveis inservíveis do Governo do Estado

Quando: 16 de julho, a partir das 8h

Onde: Servidão Ferdinando Tusset, s/n°, bairro São Cristóvão – Chapecó

Como: Pré-cadastro através do email  portodosleiloes@terra.com.br ou (48) 3437-1309

 

Informações adicionais:

Claudia De Conto e Rafael Wiethorn

Secretaria de Estado da Administração

E-mail: comunicacao@sea.sc.gov.br

Telefone: (48) 3665-1636

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support