ACN – Agência Catarinense de Notícias

  1. Início
  2. /
  3. Transportes
  4. /
  5. Governador debate mobilidade urbana...

Governador debate mobilidade urbana com prefeitos da Grande Florianópolis

O governador Raimundo Colombo participou nesta terça-feira, dia 16, de reunião com Comitê Gestor de Parcerias Público-Privadas e representantes das prefeituras de Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu para discutir a integração de projetos de mobilidade urbana para a região. Foram apresentados resumos das três propostas que estão sendo elaboradas por empresas privadas por meio do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI). O prazo para entrega dos estudos, pagos pelas empresas, termina no dia 19 de agosto. Com os projetos em mãos, Governo do Estado e prefeituras vão escolher uma das propostas e a meta é lançar o edital para a obra até dezembro. Entre os estudos, estão iniciativas envolvendo transporte marítimo, teleférico e monotrilho.

As empresas que apresentaram todas as condições para serem autorizadas a desenvolverem os estudos foram: Consórcio Floripa em Movimento (Quark, MPE, Scomi e Brassel), CCR e ESSE Engenharia. “Dia 19 de agosto venceremos uma etapa muito importante que é ter estes projetos em mãos. Daqui para frente precisamos trabalhar absolutamente integrados para escolher qual a melhor opção para a mobilidade urbana da Grande Florianópolis”, afirmou o governador Raimundo Colombo, durante a reunião com os prefeitos. O secretário de Planejamento, Murilo Flores, lembrou que a viabilidade econômica e a integração com os modais já existentes estão entre os pré-requisitos para a seleção dos projetos.

O estudo do Consórcio Floripa em Movimento prevê oferta de transporte marítimo, monotrilho e POD SIT (carro elétrico sem motorista), com investimentos de R$ 6,8 milhões nesta etapa de estudos. A iniciativa do monotrilho, já realidade em grandes centros urbanos no exterior, chega ao Brasil neste ano com projeto para implantação em São Paulo.

A CCR trabalhará com transporte marítimo e investirá R$ 5,5 milhões em estudos. A empresa prevê o uso de ferry-boats com capacidade para até 100 veículos e dois modelos de barcas, com capacidade para 200 e para 400 passageiros cada. A CCR já opera com transporte marítimo no Rio de Janeiro.

E a ESSE Engenharia prevê transporte marítimo e teleférico, com estudos no valor de R$ 8,5 milhões. Está previsto o uso de barcas e ferry-boats e a construção de um teleférico, com ligação entre a BR-101, na região continental de Florianópolis, até a Lagoa da Conceição, no Leste da Ilha de Santa Catarina. O teleférico passaria, ainda, pelo Terminal de Integração do Centro (Ticen) e pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no bairro Trindade.

Os municípios foram representados na reunião desta terça-feira pelo prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Júnior; o prefeito de Palhoça, Camilo Martins; o vice-prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger; e o secretário de Governo de São José, Guarany Pacheco.

Entre os representantes do governo, estavam o presidente da SC Parcerias, Paulo César da Costa; o secretário da Casa Civil, Nelson Serpa; o secretário de Planejamento, Murilo Flores; o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen; e o procurador do Estado, Gerson Schwerdt. O presidente da Federação das Indústrias (Fiesc), Glauco José Côrte, representou a iniciativa privada.

O PMI

O PMI é um instrumento legal para o poder público receber estudos e projetos de PPP e concessão (projetos de engenharia, estudos econômico-financeiros, jurídicos, ambientais, etc.). O custo para dos estudos é assumido pelo autor da proposta, que participa da licitação. As empresas participantes que não forem selecionadas terão o custo dos estudos ressarcido pela responsável pelo projeto vencedor.

As propostas do PMI que trata da mobilidade urbana da Grande Florianópolis foram recebidas em dezembro de 2012 e os três estudos foram autorizados no início deste ano. As empresas têm até o dia 19 de agosto para apresentação final dos projetos. Os passos seguintes serão: análise das propostas, decisão de qual será implantada, consulta pública, licenciamento ambiental, consulta ao TCE e modelagem final do edital, previsto para ser lançado até dezembro.

Veja aqui o resumo da apresentação dos projetos.

Informações adicionais:
Alexandre Lenzi
Secretaria de Estado de Comunicação 
E-mail:  lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 8843-4350

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support