Agência de Notícias SECOM

  1. Início
  2. /
  3. Geral
  4. /
  5. Gerência Regional de Saúde...

Gerência Regional de Saúde de Chapecó orienta municípios sobre Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza

A Gerência Regional de Saúde da Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó (ADR) reuniu nesta quinta-feira, 6, os responsáveis pelo setor de epidemiologia dos 47 municípios que atende, para repassar orientações sobre como será conduzida a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (gripe). Segundo estimativa da Secretaria de Estado da Saúde, 124.241 pessoas deverão ser imunizadas na região.

 

Conforme o novo calendário anunciado pelo Ministério da Saúde, a campanha será de 17 de abril a 26 de maio, sendo o dia 13 de maio o dia D de mobilização nacional. O Ministério da Saúde definiu um cronograma de envio semanal de lotes de vacina contra a gripe para os estados, por isso os municípios estão sendo orientados a fazer a campanha por etapa, de acordo com os grupos prioritários. “Todas as pessoas que estão contempladas nos grupos prioritários terão acesso a vacina, respeitando a distribuição de cada grupo”, afirma a gerente Regional de Saúde, Cassiana Teles.

Segundo a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Gerência da Saúde, Katyane Tedesco, a novidade deste ano é que os professores foram considerados como grupo prioritário. “Os grupos são definidos porque são mais suscetíveis a gripe, a vacina vem impedir o desenvolvimento da forma mais grave da doença. A eficácia da vacina varia entre 70 e 100% em média”, afirma Katyane.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Pinhalzinho, Ivanete Althaus participou da reunião. “Vim tirar as dúvidas sobre a nota técnica, no que se refere aos grupos e aplicação, objetivando sempre a qualidade da campanha”, afirma.

Cronograma

O cronograma estadual de vacinação foi definido. De 17 a 21 de abril,  serão vacinadas em Santa Catarina apenas as pessoas com 60 anos ou mais e os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Para os demais grupos do público-alvo, a campanha começa no dia 24 de abril: crianças entre seis meses e menores de cinco anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores de saúde, professores do ensino básico e superior das escolas públicas e privadas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

{article Andréia Cristina Oliveira – ADR Chapecó}[text]{/article}

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support