Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Escola estadual vence etapa...

Escola estadual vence etapa de olimpíada de robótica após treinamento da Udesc Ibirama

Alunos da Escola Estadual Walmor Ribeiro, de Ibirama, treinados pelo Laboratório de Robótica do Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), conquistaram o primeiro lugar na categoria de ensino fundamental na etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). O evento foi realizado no último fim de semana no campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Araranguá, Sul do Estado.

Foto: Divulgação/Udesc

Com a conquista, o estabelecimento de ensino de Ibirama classificou-se automaticamente para competir na etapa nacional da olimpíada, de 16 a 20 de outubro, em Fortaleza (CE). A etapa regional é disputada em todos os estados e apenas a escola melhor colocada participa da competição nacional.

Já os estudantes da Escola Estadual Eliseu Guilherme, que foi o segundo estabelecimento de Ibirama inscrito na etapa regional e também recebeu treinamento do Laboratório de Robótica, obtiveram o terceiro lugar. A segunda posição ficou com uma escola de Rio do Sul. Os três melhores estabelecimentos receberam medalhas.

Projeto da universidade

A capacitação dos alunos das duas escolas de Ibirama integra o projeto de extensão “O Uso da Robótica de Forma Prática e Lúdica”, criado em abril deste ano, vinculado ao curso de Engenharia de Software e coordenado pelo professor Fernando dos Santos.

Os quatro estudantes da Escola Walmor Ribeiro apresentaram um robô autônomo e sem controle remoto, capaz de se locomover em um ambiente que representava um cenário de desastre, com obstáculos e rampas, à procura de sobreviventes. Segundo o professor Santos, à medida que o robô cumpria essas tarefas, ele ia acumulando pontos.

O robô dos alunos foi montado a partir de kit educacional da empresa Lego disponibilizado no comércio, com peças específicas como motores e sensores, que detectam diferenças de luminosidade e de distância. “Além do aluno saber encaixar essas peças, foi preciso construir um software, a inteligência do robô, que recebeu ajuda do Laboratório de Robótica”, explica o docente.

O professor da Udesc Ibirama ressaltou também que, no momento em que elabora o software, com os seus itens de comando, o aluno passa a desenvolver também o raciocínio lógico e coloca em prática questões de Matemática e de Física que aprendeu no ensino fundamental.

Cenário difícil

Para construir o robô, os estudantes freqüentaram o Laboratório de Robótica duas vezes por semana durante quatro meses. O treinamento foi realizado pelo bolsista do projeto Gregório Sockler e pelo professor Fernando do Santos. “A dedicação dos alunos foi ótima durante a preparação para a olimpíada. Alguns deles participaram do treinamento mais de duas vezes por semana, dada a empolgação para construir o robô e fazê-lo funcionar”, afirma o professor da Udesc Ibirama. Ele ressaltou que, para competir na etapa nacional, os alunos da Escola Walmor Ribeiro terão que construir um robô bem mais complexo e em condições de enfrentar um cenário bem mais difícil.

Leia mais: 
16/7/2013 – Udesc Ibirama capacita alunos de escolas a montar robôs para participar de olimpíada de robótica

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Valmor Pizzetti
E-mail: valmor.pizzetti@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support