Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Meio Ambiente
  6. /
  7. Em três dias, pode...

Em três dias, pode chover o dobro do esperado para o mês inteiro em SC

A sexta-feira é de muita chuva e trovoadas em Santa Catarina. Conforme informações da Epagri/Ciram, esta condição se mantém, pelo menos, até domingo, quando começa a primavera.

Nestes três dias, a previsão é de tempo instável e temperaturas amenas (com mínima de 7ºC, na Serra, e máxima de 23ºC no Extremo-Oeste) . Deve chover de 200mm a 250mm, em média, devido à formação e deslocamento de uma frente fria pelo Sul do Brasil. Especialmente no Oeste, Sul e Norte do Estado, o acumulado pode chegar a 350mm, o dobro do esperado o mês inteiro, com chance de quebra de recorde.

A Defesa Civil estará em alerta por conta do risco de alagamento e deslizamento de terra no Estado. Segundo o oceanólogo Argeu Vanz e o meteorologista Marcelo Martins, ambos da Epagri, a região costeira pode sofrer com alagamentos nos próximos dias devido à combinação das fortes chuvas previstas com a maré astronômica de sizígia (acontece nas luas nova e cheia, provocando as marés mais elevadas do período, como também as mais baixas).

As marés altas entre sexta e terça-feira são de 1,2m em Itajaí, 1,7m em São Francisco do Sul e 1,3m em Florianópolis. A maré elevada dificulta o escoamento das águas das chuvas para o mar.

A partir da segunda-feira a chuva dá uma trégua a SC, porém o risco de alagamentos persiste nas regiões costeira até terça-feira, dia 24. Isso porque o vento de sudeste continua atuando constantemente ao longo da costa.

Foto: James Tavares/Secom

Previsão de acumulados:

Sexta-feira (20/09): 80 a 100 mm em média no Oeste, Meio-Oeste e Planalto Sul, podendo ocorrer pontuais maiores. Nas demais regiões, 40 a 60 mm em média.

Sábado (21/09): 80 a 120 mm em média no Estado, podendo ocorrer pontuais de 140 mm.

Domingo (22/09): 100 a 130 mm em média no Estado, podendo ocorrer pontuais de 150 mm especialmente no Centro-Norte de SC.

Recomendação da Defesa Civil

Tempestades com descargas elétricas e vento: permanecer em local seguro e não transitar em locais abertos, próximo a árvores, placas publicitárias ou objetos que possam ser arremessados. É aconselhável que as pessoas se protejam em lugares com boas coberturas, ao exemplo dos banheiros das residências, fechar janelas e portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos.

Inundações e alagamentos: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3664-7000.

Informações adicionais:
Epagri
E-mail:epagri@epagri.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-5006
www.epagri.sc.gov.br

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support