Portal de Notícias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Desenvolvimento Social
  6. /
  7. Chapecó define as propostas...

Chapecó define as propostas para o Plano Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas

Os técnicos que participaram da Oficina Regional de Mobilização Intersetorial de Políticas Públicas sobre Drogas em Chapecó, no Oeste, definiram propostas da Mesorregião para inclusão no Plano Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas. O evento, com duração de dois dias, encerrou na tarde desta sexta-feira, 20, na Unoesc.

Dentre as propostas apresentadas pelos profissionais estão: criar e reativar os conselhos municipais antidrogas; criar e readequar as comunidades terapêuticas; fortalecer a rede de atenção; regionalizar os serviços de alta complexidade para municípios de pequeno e médio porte; manter espaço regionalizado para atendimento e acolhimento do dependente químico; e criar protocolos com fluxos de atendimento.

Todas as proposições serão encaminhadas ao colegiado gestor da Mesorregião de Chapecó para análise das prioridades e posterior aprovação, elaboração do plano operativo e a execução conjunta com o Governo do Estado.

Além da oficina em Chapecó, já foram realizadas em Florianópolis, Jaraguá do Sul e São Miguel do Oeste. As demais ocorrem Criciúma, Joaçaba e Lages até o final do ano.

O secretário adjunto de Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), Eleudemar Ferreira Rodrigues, destacou que as oficinas regionais contribuem para o alinhamento sobre os problemas enfrentados pelos municípios e para o entendimento das ações que devem ser prioritárias em cada região. “O governo do Estado está comprometido em criar o Plano de maneira integrada com todas as áreas de governo e com a sociedade”, ressaltou.

Como iniciou – A ideia de elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas surgiu a partir da adesão do Estado ao programa federal Crack, é possível vencer, conforme decreto 991, de 25 de maio de 2012. A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) coordena o programa em Santa Catarina e paralelamente trabalha a elaboração e implantação do Plano num grupo intersetorial.

Os detalhes sobre as oficinas regionais de políticas públicas sobre drogas e outros assuntos relacionados ao tema podem ser acessados no endereço:www.vencerasdrogas.sc.gov.br

{article claudia-marcelo-de-lima-assistencia-social}{text}{/article}

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support