Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Justiça
  6. /
  7. Apresentadas propostas de Chapecó...

Apresentadas propostas de Chapecó para a elaboração do Plano Estadual dos Direitos de Crianças e Adolescentes

A capacitação de professores sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para entender melhor os conselhos de direitos e tutelares; investimentos na proteção social básica; implantação do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) nos municípios onde não existe; identificar e articular ações entre instituições e poderes que atuam com crianças e adolescentes.

Estas foram algumas das propostas da região Oeste sugeridas para serem incluídas no Plano Estadual dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. As proposições foram apresentadas durante o Encontro do Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes – Mesorregião de Chapecó, realizado nesta quinta-feira, 25, no Hotel Lang Palace, em Chapecó.

Este foi o terceiro de seis encontros previstos para este ano. O primeiro ocorreu em Florianópolis, o segundo, em Lages, e os próximos estão previstos para Joinville, Criciúma e Itajaí.

O encontro teve a participação de representantes da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), do Tribunal de Justiça, Ministério Público, conselhos de direitos, conselhos tutelares e outros atores. “O plano estadual vai nos auxiliar na tarefa de assegurar os direitos de crianças e adolescentes em Santa Catarina”, afirmou o consultor de ações sociais da SST, padre Luís Antônio Caon.

A coordenadora do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), Iza Maria do Rosário Andrade, ressaltou que a participação de todos vai assegurar que o plano seja elaborado com responsabilidade e que garanta efetivamente os direitos das crianças e dos adolescentes. “Além do debate, a troca de experiência e a articulação de todos os envolvidos permite fortalecer o sistema”, completou.

O encontro é financiado com recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) estadual de acordo com o Plano de Ação e Aplicação de recursos do fundo em 2013. 

Sistema de garantias

O sistema de garantia de direitos é formado por representantes do Poder Judiciário, Ministério Público, profissionais como psicólogos, assistentes sociais e operadores da Justiça, advogados, Defensoria Pública, Segurança Pública, Conselhos de Direito da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, Fóruns e Associações; além das Secretarias de Estado que integram o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca).

Em Santa Catarina, o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca) está vinculado à SST.

{article Cláudia Marcelo de Lima – Assistência Social}{text}{/article}

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support