Portal de Noticias

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Desenvolvimento Econômico
  6. /
  7. Suinocultura reage após período...

Suinocultura reage após período de crise

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca comemora a reação da suinocultura em Santa Catarina. A cotação do animal vivo sobe em todas as regiões, a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) aponta que o produtor recebe R$ 2,70 por quilo de peso vivo, e a Bolsa de Suínos rejustou em R$ 2,85 por quilo. O aumento é devido à movimentação do mercado das carnes no país, ação desenvolvida pelo Governo do Estado e as exportações.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, destaca a importância das medidas adotadas pelo Governo do Estado para dar suporte aos produtores enquanto enfrentavam a crise na suinocultura no ano passado e a conquista do mercado japonês à carne suína neste ano. “O Governador Raimundo Colombo solicitou aumento na utilização de carne suína nas refeições oferecidas pelo Estado nas escolas, abrigos e centros de atenção social, hospitais e nos presídios, e as primeiras exportações da carne suína catarinense ao mercado japonês já iniciaram”, completou Rodrigues.

O secretário defende que a abertura de mercados como o japonês representa um grande passo para garantir estabilidade para a suinocultura catarinense, setor que nos últimos anos passou por diferentes momentos de crise diante do alto custo de produção e da oscilação dos preços pagos aos produtores. A entrada da carne suína catarinense foi autorizada pelo governo japonês em maio deste ano. Em junho, o governador Raimundo Colombo e o secretário João Rodrigues estiveram em Tóquio para oficializar a parceria histórica.

Oito frigoríficos de cinco empresas foram habilitados a exportar carne suína ao mercado japonês nesta etapa: BRF (com as unidades de Campos Novos e de Herval D’Oeste), Seara (unidades de Seara e de Itapiranga), Pamplona (Rio do Sul e de Presidente Getúlio), Aurora (Chapecó) e da Sul Valle (São Miguel do Oeste). Os primeiros embarques foram enviados em julho e chegam ao Japão no final deste mês.

Entrevista com o secretário-adjunto de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies:

  Baixar áudio

{article Ney Bueno – Agricultura}{text}{/article}

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support