Agência de Notícias SECOM

  1. Início
  2. /
  3. Segurança Pública
  4. /
  5. Polícia Civil inaugura Sala...

Polícia Civil inaugura Sala Lilás em Balneário Camboriú

Espaço fica na Central de Plantão Policial (CPP)

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia Regional de Polícia de Balneário Camboriú, inaugurou nesta quinta-feira, 28, a Sala Lilás. Localizada na Central de Plantão Policial (CPP), o espaço é para acolher mulheres que sofreram violência, evitando assim que a vítima fique exposta na delegacia.

A solenidade contou com a presença da vice-governadora, Marilisa Boehm; do delegado-geral adjunto, Nilson Luís de Oliveira Cézar, da coordenadora das DPCAMIs, delegada Patrícia Zimmermann d’Ávila, da delegada Vanessa de Oliveira, que representou o secretário de Estado da Segurança Pública, do delegado Giancarlo Rossini, titular da Delegacia Regional de Balneário Camboriú, entre outras autoridades.

Para a implantação da Sala Lilás, o prédio onde está instalada a CPP passou por reforma e revitalização do espaço e recebeu investimento de R$ 216 mil com recursos de empresas e entidades da sociedade civil organizada. Com funcionamento 24 horas, a CPP atende as ocorrências de Balneário Camboriú, Camboriú, Canelinha, Tijucas, Itapema, Porto Belo e Bombinhas – região que compõe a DRP de Balneário Camboriú.

Como muitas vezes as mulheres chegam à delegacia acompanhada dos filhos, a Sala Lilás está equipada com brinquedoteca, um espaço que oferece conforto à criança enquanto a mãe recebe o atendimento.

Na ativação da Sala Lilás, o delegado-geral adjunto, Nilson Luís de Oliveira Cesar, destacou que a Polícia Civil trabalha intensamente na repressão à violência contra mulher, mas também com a prevenção. O programa PC por Elas, por exemplo, atua no acolhimento às vítimas e na prevenção que está sendo trabalhada nas escolas com crianças e adolescentes.

Coordenadora das DPCAMIS, a delegada Patrícia Zimmermann D´Ávila, destacou que o programa “Polícia Civil por Elas”, do qual a Sala Lilás é uma das ações, é uma iniciativa consolidada da Polícia Civil para o atendimento e a investigação de crimes contra mulheres. “Temos uma ainda uma preocupação constante em manter as equipes das delegacias de polícia capacitadas, por meio da Acadepol, para atender uma demanda tão específica como a violência envolvendo mulheres, crianças, adolescentes e idosos,” assinalou.

A delegada orienta que, além do atendimento presencial nas DPCAMIs, a vítima pode procurar as CPPs, a delegacia mais pr[oxima ou ainda fazer o registro online por meio do site da Polícia Civil.

Avatar
Escrito por:

ASCOM | PCSC

Assessoria de imprensa da Polícia Civil de Santa Catarina

Ver todos os posts

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support