Agência de Notícias SECOM

  1. Início
  2. /
  3. Turismo
  4. /
  5. Poder público e iniciativa...

Poder público e iniciativa privada fazem avaliação da temporada 2013/2014

Representantes de diversos segmentos de Santa Catarina reuniram-se nesta terça-feira, 8, para fazer uma avaliação do movimento turístico durante o verão 2013-2014. O debate foi proposto pelo Conselho Estadual de Turismo e Santur para reunir informações úteis ao planejamento de ações para a próxima temporada.

Durante a reunião, secretário estadual de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello, anunciou três novos projetos, com destaque para a criação do Observatório do Turismo, apontado por ele como ferramenta indispensável para a realização de um planejamento compatível com a demanda do setor em Santa Catarina. “Os outros dois projetos focam na melhoria da sinalização turística e na definição do marco legal náutico”, afirmou.

Foto: SOL/Divulgação

O presidente da Celesc, Cleverson Siewert, falou sobre a organização da empresa com foco no aumento do consumo de energia elétrica durante o verão. Citou investimentos na instalação de transformadores móveis, contratação de pessoal, limpeza dos cabos e melhorias na comunicação com os usuários, visando reduzir o tempo de resposta.

Conforme explanou, com as altas temperaturas deste último verão, o uso de eletrodomésticos cresceu, elevando a demanda por energia. “Estamos estudando uma parceria com a Fecomércio para acompanharmos o movimento de vendas de eletrodomésticos, como aparelhos de ar condicionado”, acrescentou Siewert.

Polícia Civil e Corpo de Bombeiros

A atuação da Polícia Civil abrangeu 36 municípios do Litoral e aqueles que contam com estâncias hidrotermais e recebem grande fluxo de turistas no verão. Foram mobilizados, nesta ação, 1979 servidores (delegados, escrivães e agentes). De acordo com o delegado Antônio Malinverni, coordenador da Operação Veraneio da Polícia Civil, foram aplicados R$ 2,7 milhões nesta mobilização de efetivo.

A Operação Veraneio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) atendeu 135 balneários em 33 municípios catarinenses. A corporação ampliou para 312 o número de postos de guarda-vidas. Eram 279 no verão passado. Também aumentou o número de civis contratados para a prestação de socorro a banhistas, passando 1058 para 1179. O investimento, informou o coronel Gladimir Murer, foi de R$ 11,6 milhões em manutenção e equipamentos.

Pelos Bombeiros, foram registradas 3,5 milhões de ações preventivas dos guarda-vidas, afastando os turistas de situações de risco de afogamento. Outros registros incluem casos de crianças perdidas nas praias (1209), arrastamento (4793), lesão por água-viva (7633) e reanimação de afogados (210). Ainda foram registradas 33 mortes por afogamento em água doce e 35 no Litoral.

Polícia Federal, Polícia Rodoviária Estadual e Infraero

Segundo dados da Polícia Federal, a entrada de estrangeiros por via aérea diminuiu de 101 mil pessoas em 2012/2013 para 93 mil no verão 2013/2014. Já o acesso na fronteira do Brasil com Argentina, em Dionísio Cerqueira, de responsabilidade de PF, subiu de 105 mil para 107 mil turistas nesta temporada. A Polícia Rodoviária Estadual foi representada pelo coronel José Norberto de Souza, que reiterou o aumento do movimento turístico neste verão.

Quanto ao movimento de voos internacionais no aeroporto Hercílio Luz, o representante da Infraero, Ricardo May, informou que houve um pequeno aumento de voos charter neste ano. Foram 382 voos contra 378 na temporada passada. 

Municípios

Ainda durante a reunião, alguns municípios apresentaram dados da temporada. Em Balneário Camboriú, por exemplo, no feriado de Ano Novo houve 98% de ocupação na rede hoteleira da cidade. Em dezembro, a média ficou em 75%, em janeiro, 88%, e em fevereiro, 69%. Segundo um levantamento feito no município, a partir da chegada de ônibus de turismo, a cidade que mais enviou visitantes à Balneário Camboriú foi Santiago, no Chile.

Florianópolis destacou a realização de 89 eventos durante a temporada, bem como a infraestrutura providenciada para receber os visitantes: foram instalados 200 banheiros químicos nas praias durante 108 dias de temporada e foi inaugurado o Centro de Atendimento ao Turista na Lagoa do Peri.

Nos municípios da Serra a ocupação foi, em média, 28% maior neste verão em relação ao mesmo período do ano passado. A informação foi trazida pelo presidente do Conselho Estadual de Turismo, Ivan Cascaes, que possui um resort na Serra do Rio do Rastro. “A maior parte dos visitantes era de Santa Catarina, mas também observamos a presença de muitos paulistas”, destacou.

O presidente da Santur, Valdir Walendowsky, disse que as informações apresentadas serão agrupadas à pesquisa desta temporada, em fase de finalização. “São dados importantes que ajudarão no planejamento do próximo verão. As cidades também têm que fazer um bom planejamento para estarem preparadas para o aumento do fluxo turístico, oferecendo serviços básicos em quantidade e qualidade necessárias”, frisou.

>>> Ouça o Boletim da Rádio Secom e faça dowload

Informações adicionais:
Carla Coloniese
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte
Fones: (48) 3665-7436 / 7435/ 7456 / 7420

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support