Agência de Notícias SECOM

  1. Início
  2. /
  3. Desenvolvimento Social
  4. /
  5. Florianópolis sedia oficina de...

Florianópolis sedia oficina de gestão do Cadastro Único e do Bolsa Família

A oficina de gestão do Cadastro Único e do programa Bolsa Família do governo federal será realizada desta quarta, 12 a sexta, 14, no Hotel Cambirela, em Florianópolis. A abertura ocorre às 8h30min desta quarta.

As atividades serão ministradas pelos técnicos da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc), vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) em parceria com a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST). Santa Catarina é um dos 14 estados em que ocorre a atividade.

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), Jorge Teixeira, ressalta que a política da assistência social tem o objetivo de inserir as pessoas em programas sociais, promover a qualificação profissional para que ganhem autonomia e possam ser reconhecidas na sociedade. “É muito importante integrar as ações porque isso torna mais eficiente a busca pelas pessoas para informá-las sobre seus direitos”, completa.

Dentre os programas que as pessoas podem ser inseridas estão o Bolsa Família, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) idoso, da pessoa com deficiência, o BPC na Escola, e programas de qualificação profissional como o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), dentre outros.

A expectativa é que 100 representantes de 44 municípios catarinenses participem das oficinas. Entre os temas abordados estão a gestão do Cadastro Único; a busca ativa e o acompanhamento das famílias que descumprem as condicionalidades do Programa Bolsa Família.

Entre as condicionalidades estão o compromisso de acompanhar o cartão de vacinação e o crescimento e desenvolvimento das crianças menores de 7 anos; crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos devem estar matriculados e com frequência escolar mensal mínima de 85%; crianças e adolescentes até 15 anos, em situação de risco para que participem dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e tenham frequência mínima mensal de 85% .

Programação:

12/03- Monitoramento da Gestão do Cadastro Único com a participação de municípios com índices críticos na Taxa de Atualização Cadastral;

13/03 – Estratégias de Busca Ativa com foco na inclusão e a correta identificação de famílias pertencentes a Grupos Populacionais Tradicionais e Específicos com participação de municípios com expressiva presença desses grupos.

14/03 Acompanhamento das famílias que descumprem as condicionalidades com foco na compreensão da realidade local e orientação aos municípios para efetivação do registro de acompanhamento familiar no Sistema de Condicionalidades do Programa Bolsa Família – Sicon/ PBF.

{article Cláudia Marcelo de Lima – Assistência Social}{text}{/article}

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support