Agência de Notícias SECOM

  1. Início
  2. /
  3. Segurança Pública
  4. /
  5. Dia Mundial de Prevenção...

Dia Mundial de Prevenção ao Abuso Infantil: Polícia Civil intensifica ações junto à comunidade escolar

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Neste domingo, 19 de novembro, é o Dia Mundial da Prevenção ao Abuso Infantil. Para marcar a data, a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Coordenadoria das Delegacias de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (CDPCAMI), está desenvolvendo uma intensa agenda de atividades dentro do Programa Minha Voz Tem Vez.

O objetivo do programa é promover a proteção de crianças e adolescentes por meio de informação qualificada. De forma lúdica e com linguagem adequada à faixa etária, equipes formadas por psicólogos policiais civis estão realizando palestras e rodas de conversas nas escolas e nas instituições que formam a rede de proteção em todo o estado.

O delegado-geral, Ulisses Gabriel, reforçou que cada vez mais a Polícia Civil estará presente no dia a dia da comunidade escolar. “Quando os policiais civis estão ministrando palestras, levando atividades lúdicas, rodas de conversa isso também representa um reforço na segurança das escolas, pois lá estará a Polícia Civil”, disse. “Uma criança indefesa, que não conhece os riscos a que está exposta, precisa ser conscientizada. E o Minha Voz Tem vez trabalha a informação – com linguagem e conteúdo adequados a cada faixa etária – para prevenir estes crimes. Vamos reprimir fortemente, mas nosso objetivo é evitar que o crime aconteça”, finalizou.

Coordenadora das DPCAMIs, a delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, destaca a importância do trabalho do psicólogo policial, no âmbito da PCSC e ressalta o compromisso da instituição com o tema. “A Polícia Civil desenvolve um trabalho importantíssimo em Santa Catarina na proteção de crianças e adolescentes vítimas de violência”, assinalou.

A delegada reforçou que, além de realizar uma investigação precisa, os policiais civis atuam na perspectiva da prevenção com treinamento qualificado que permite a abordagem de um tema tão delicado de forma assertiva. Outro ponto destacado por Patrícia é a importância de reduzir a subnotificação dos casos. “Uma das ações da Coordenadoria para jogar luz sobre um tema tão delicado é o Programa Minha Voz Tem Vez que tem por objetivo a prevenção de toda e qualquer forma de violência contra crianças e adolescentes”, enfatizou.

De acordo com a psicóloga policial Indiane Bertuol Werling de Oliveira, além de atuar nas delegacias, o psicólogo policial tem um papel importante junto à rede de proteção. “O trabalho de prevenção que estamos fazendo em parceria com as instituições de assistência é fundamental para o enfrentamento à violência. Além disso, estamos aproximando a Polícia Civil da comunidade”, observou a psicóloga.

A psicóloga policial da DPCAMI de Itajaí, Danielle Cadan, assinalou a importante contribuição dos psicólogos policiais na prevenção a este tipo de crime. “Este profissional tem condições técnicas de desenvolver e executar ações de prevenção à violência sexual contra crianças, pois seu campo de conhecimento estuda o desenvolvimento infantil, o qual compreende, também, a sexualidade infantil”, concluiu.

:: Conheça algumas das ações programadas

  • Braço do Norte: dias 20, 22 e 23/11 a psicóloga Clarissa fará as ações em três Escolas de Educação Básica: Dom Joaquim; Werner Knabben e Cônego Nicolau Gesing.
  • Itajaí: Dia 21/11, a psicóloga Danielle fará palestras com duas turmas da Escola Básica Municipal Avelino Werner.
  • Videira: No dia 21/11 a psicóloga Claudiana fará uma palestra no Centro Educacional Municipal Iomerê para 125 participantes.
  • Chapecó: No dia 22/11 a psicóloga Jiana fará uma roda de conversa sobre o tema no CRAS São Pedro e no CREAS II do município.
  • Canoinhas: No dia 22/11, a aPsicóloga Mellize se reúne com a equipe da Escola de Educação Básica de Três Barras.
  • São José: No dia 23/11, a psicóloga Maíra realizará palestra para professores do projeto EMFRENTE da Educação Municipal.
  • Criciúma: No dia 24/11 a psicóloga Samira fará uma capacitação aos conselheiros tutelares, oportunidade em que abordará o tema.

A data

A data tem a adesão de mais de 130 países e foi criada pela Fundação Cúpula Mundial da Mulher (WWSF) no ano 2000 e tem como objetivo dar visibilidade ao problema e à necessidade de desenvolver programas e projetos de prevenção sobre o tema.

Denuncie

Importante ressaltar que a Polícia Civil tem diversos canais que podem ser acionados pelas vítimas ou seus familiares que atendem 24 horas por dia. Além do site da PCSC é possível fazer denúncia pelo 181, procurar a DPCAMI, a Sala Lilás nas CPPs, mas sempre lembrando que qualquer delegacia está apta a receber uma denúncia de abuso infantil.  

Avatar
Escrito por:

ASCOM | PCSC

Assessoria de imprensa da Polícia Civil de Santa Catarina

Ver todos os posts

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support