ACN – Agência Catarinense de Notícias

  1. Início
  2. /
  3. Segurança Pública
  4. /
  5. Celesc e Secretaria de...

Celesc e Secretaria de Estado da Segurança Pública alinham novas ações para combater o furto de cabos na rede elétrica

Foto: Divulgação Celesc 

Diante do aumento do furto de cabos de energia no Estado, representantes da Celesc e da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-SC) se reuniram nesta quarta-feira, 20, para alinhar ações de combate a este crime, que gera uma série de transtornos para a população e prejuízos para a companhia.

Entre as ações está o compartilhamento de informações da Celesc para que as forças de Segurança conheçam melhor o comportamento dessas quadrilhas, atuando na prevenção e na raiz do problema, que é o esquema de compra e venda ilegal desses materiais.

Segundo o diretor de Distribuição da Celesc, Cláudio Varella, a companhia tem condições de informar as regiões e horários de mais incidência, entre outros dados.

“Isso irá ajudar as forças de segurança a construir a melhor estratégia de ação. Neste combate, a informação é uma arma importante”, destacou ele, que participou da reunião.  

Por mês, em média, a Celesc gasta R$ 1 milhão em reparos na rede elétrica após os furtos de cabos. Segundo a companhia, só em 2022, foram R$ 14 milhões, um recurso, que, segundo Varella, poderia estar sendo investido na melhoria da rede, ampliando o atendimento à população.

Representando a SSP estiveram presentes o coronel Junio José de Oliveira, diretor de Inteligência Estratégica e o tenente-coronel João Marcos Tanan Sales. Também participaram Carlos Eduardo Marcussi Gomes e Marco Aurélio Gianesine, da Diretoria de Distribuição da Celesc.

Fonte: Celesc

Avatar
Escrito por:

ASCOM | SSP

Assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina

Ver todos os posts

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support