Agência de Notícias SECOM

  1. Início
  2. /
  3. Desenvolvimento Social
  4. /
  5. Autorizados projetos na área...

Autorizados projetos na área de segurança alimentar no governo de SC

O Secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), Jorge Teixeira, assinou na tarde desta quinta-feira, 24, a ordem de serviço para a elaboração de projetos arquitetônicos e complementares para a construção de equipamentos públicos de segurança alimentar. Serão destinados R$ 235 mil para a elaboração dos projetos. As obras integram as ações do Pacto pela Proteção Social e estão previstos R$ 6,9 milhões em investimentos.

Para melhorar a rede de abastecimento, produção e consumo de alimentos serão implantados 10 equipamentos de segurança alimentar em Santa Catarina, sendo: quatro unidades de apoio à distribuição de alimentos; dois bancos de alimentos; três cozinhas comunitárias; e um restaurante popular.

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), Jorge Teixeira, ressalta que estas ações estão relacionadas ao eixo de erradicação da extrema pobreza do Pacto pela Proteção Social. “A secretaria atua para manter o bem-estar físico, mental e social das pessoas. Estas são ações que contribuirão para ampliar a inclusão social, proteger as famílias e promover o acesso à cidadania”, reforça.

O secretário executivo de Políticas Sociais de Combate à Fome da SST, Rodrigo Mello, destaca que esses equipamentos públicos de apoio à produção, abastecimento e consumo de alimentos contribuirão para a redução dos índices de insegurança alimentar da população. “Além disso, promoverão o acesso à alimentação adequada e saudável”, afirma.

Saiba mais:
Restaurante popular: produz e oferece refeições saudáveis com alto valor nutricional a preços acessíveis para pessoas em situação de insegurança alimentar. A previsão é de servir no mínimo mil refeições diárias.

Cozinhas comunitárias: produção de no mínimo 100 refeições saudáveis por dia, gratuitas ou a preços acessíveis para pessoas em vulnerabilidade social.

Bancos de alimentos: recebe alimentos de doações de indústrias, supermercados (produtos inadequados para a venda, mas próprios para o consumo) e de compras da Agricultura Familiar realizadas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA e Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE. Estes alimentos serão distribuídos gratuitamente para entidades assistenciais.

Unidades de apoio à distribuição de alimentos – espaços físicos estruturados e equipados para auxiliar na distribuição dos gêneros alimentícios da agricultura familiar, em especial os adquiridos por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Municípios contemplados com os equipamentos públicos:

Unidades de apoio à distribuição de alimentos:
Rio do Sul
São Bento do Sul
Guaramirim
Xanxerê

Bancos de alimentos:
Itajaí
Xanxerê

Cozinhas comunitárias:
Itajaí
São Bento do Sul
Xanxerê

Restaurante popular
Xanxerê

>>> Ouça o boletim da Rádio Secom e faça download

{article Cláudia Marcelo de Lima – Assistência Social}{text}{/article}

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support